Pousada Nova Alvorada

Peixes do Pantanal


Peixes da Região



Jaú (Paulicea luetkeni)

O Jaú é considerado um dos maiores peixes de couro da região Amazônica e, certamente, da região Neotropical. Sua cabeça é bastante ampla e achatada, enquanto que o corpo se afina bastante rapidamente em direção à cauda. Possui boca bem desenvolvida e nadadeiras peitorais e dorsal com espinhos. Sua coloração é parda ou verde-azeitona e o ventre, esbranquiçado. Pode atingir 1,90 m de comprimento e mais de 100 kg de peso. (fonte: CPT-Centro de Produções Tecnicas)

...



Pacu (Piaractus mesopotamicus)

O Pacu é um peixe de escamas pequenas e numerosas. Sua coloração é cinza-escura, no dorso, e amarelo-dourada, no ventre, podendo variar devido o ambiente. Tem corpo comprimido, alto e em forma de disco, apresentando quilha ventral com espinhos, cujo número pode variar de 6 a 70. Seus dentes são molariformes. Possui carne muito saborosa, por isso é muito pescado. É uma espécie que vem sendo muito utilizada na piscicultura e para a formação do híbrido Tambacu em cruzamento com o Tambaqui. Pode alcançar mais de 70 cm de comprimento e pesar até 20 Kg. (fonte: CPT-Centro de Produções Tecnicas)

...



Cachara (Pseudoplathystoma fasciatum)

O Chacara é um peixe de couro. Possui o corpo alongado e roliço. Tem cabeça grande e achatada. Sua coloração é cinza escura, no dorso, clareando em direção ao ventre, sendo branca abaixo da linha lateral. Pode ser separada das outras espécies do gênero pelo padrão de manchas: faixas verticais pretas irregulares, começando na região dorsal e se estendendo até abaixo da linha lateral. Às vezes, apresenta algumas manchas arredondadas ou alongadas no final das faixas.

...



Tucunaré (Cichla ocellaris)

O Tucunaré é um peixe de escamas, com corpo alongado e um pouco comprimido. Sua coloração é amarelada, com manchas pretas e verticais distribuídas regularmente pelo corpo. Todos os Tucunarés apresentam uma mancha redonda (ocelo) no pedúnculo caudal. É bastante rápido, agressivo, forte e até estúpido. Também é muito sedentário (não realizando migrações). Tem hábitos diurnos. Pode chegar a  30 cm ou mais de 1 m de comprimento total. (fonte: CPT-Centro de Produções Técnicas)

...



Pintado (Pseudoplatystoma corruscans)

O Pintado é um peixe de couro, com coloração acinzentada e diversas pintas pretas cilíndricas pelo corpo. Já seu ventre tem uma coloração esbranquiçada. Seu corpo é alongado e roliço. Sua cabeça é grande e achatada, com dimensão entre 1/4 a 1/3 do tamanho do corpo. Apresenta longos barbilhões. Possui ferrões junto às nadadeiras laterais e dorsal. É apreciado por sua carne muito saborosa. Pode alcançar pesos próximos a 80 kg e quase 2 m de comprimento. (fonte: CPT-Centro de Produções Técnicas)

...



Dourado (Salminus maxillosus)

O Dourado é um peixe muito apreciado por seu sabor, sendo conhecido como o “Rei do Rio”. É um peixe de escamas. Cada escama tem um pequeno risco preto no meio, formando linhas longitudinais da cabeça à cauda. Possui uma coloração dourada por todo o corpo, com reflexos avermelhados. Tem uma cabeça grande, com uma boca que alcança a metade desta, repleta de caninos em forma cônica. Possui uma barbatana caudal bastante robusta. Pode atingir mais de 25 kg e alcançar 1m de comprimento. (fonte: CPT-Centro de Produções Técnicas)

...



Barbado (Pinirampus pinirampu)

O peixe Barbado tem este nome por possuir barbatanas grandes no canto da boca. É um peixe de couro, com boca pequena e barbilhões sensoriais achatados. Possui nadadeira adiposa muito longa, começando logo após a nadadeira dorsal. Sua coloração é cinza a castanho, no dorso e flancos, clareando na região ventral. No entanto, sua cor tende ao castanho-esverdeado quando retirado d'água. Pode pesar 12 Kg, alcançando cerca de 80cm de comprimento total. (fonte: CPT-Centro de Produções Técnicas)